Seguidores

quarta-feira, 28 de março de 2007

O Enigma 23 (um conto adaptado dos capítulos 97 e 98 do romance Santos-Dumont Número 8)

          Estudemos as coisas que já não existem. É necessário conhecê-las, ainda que não seja senão para as evitar. As contrafações do passado tomam nomes falsos e gostam de chamar-se o futuro. Esta alma do outro mundo, o passado, é atreita a falsificar o seu passaporte. Precatemo-nos contra o laço, desconfiemos dela. O passado tem um rosto, que é a superstição, e uma máscara, que é a hipocrisia. Denunciemos-lhe o rosto e arranquemos-lhe a máscara. (Victor Hugo; Os miseráveis.)

          Por Cláudio Soares


Nota do autor: Esse conto é uma adaptação dos capítulos 97 e 98, originalmente publicados em Soares, Cláudio. Santos-Dumont Número 8. São Paulo: Universo dos Livros, 2006. O número de coincidências em relação ao número 23 é mesmo impressionante...


Nada me faltará. Até mesmo a mania que eu tenho de querer me surpreender, certamente, ainda vai me surpreender um dia. O que me faz ficar olhando para o espelho, não para me ver, mas para acompanhar sua aproximação? Disfarçando minha expectativa, guardando meu sorriso para sua mais próxima chegada? Mas, não seria preciso tal artifício ou subterfúgio, pois eu sinto sua presença no ar que respiro e me toca levemente a pele, levemente, de uma forma quase imperceptível, mística, como um número 23, aquele que está em todo lugar, sem que o percebamos.

Sei que me surpreendi ao notar a série de coincidências a respeito do número. Sei que percebi que existia uma espécie de cortina de fumaça que me desorientava, antes me levava a suposições erradas, porque incompletas. Sei que a seqüência ficou desordenada, talvez houvesse alguma coisa de (ah essa onipresente) superstição, um sentimento ou sensação estranha de que algo de ruim pudesse acontecer. Mas com que intenção? Com que propósito? A necessidade era evitar o próximo número da seqüência das 22 invenções aeronáuticas? O vigésimo terceiro? Sei que não sabia. Mas o que teria demais o número 23? Ora quase tudo o que eu e você quisermos ou não quisermos acreditar...

Me sinto incomodado, profundamente incomodado, com essa obrigação de realidade que as ficções dos últimos tempos (não vou especificar quanto tempo de propósito...) vêm seguindo (e sendo perseguidas) fixamente. Porque essa necessidade de limitar a imaginação? Droga mesmo, sei que não é nada disso que me preocupa, enquanto estou curvado sobre o caderno descrevendo as sensações que me alimentam neste espaço e tempo limitado pela mesa 82 e pouco me importando com esses tipos de questionamentos semiológicos: a única coisa que realmente me importa é encontrá-la... a resposta. Será que a encontraria? Essa espécie de maga: a minha. Continuaremos, depois, a jogar essa partida esquisita e estranha?

      Mais tarde eu percebi que o mais óbvio havia me passado desapercebido. O óbvio somava cinco. Em todos os sentidos. Como uma lei dos 5 (tudo que existe de eventos, símbolos e outras coisas mais na face da terra tende ao número 5). Desde o acidente de 8 de agosto de 1901, toda a atenção acabou sendo dada, erroneamente, ao evento e não ao objeto desse evento: o Santos-Dumont Número 5, que quase matou Santos-Dumont. Registrou-se a data, 8 de agosto, que já é um dia esquisito, em um mês mais esquisito ainda, e que não goza de muita simpatia por parte dos brasileiros (mês do cachorro louco. Quando o mês tem uma sexta-feira 13 então, podem acreditar, é sinônimo de demissão em massa...) Minha doce Carolina sabia, mas não contava, algumas coisas que ela através de sua intuição feminina já percebera desde muito cedo: O 5 também poderia nascer de um 23...

Pois então, que agora, entre o número 23...

Eu sempre tive uma certa desconfiança a respeito do numero (conheço muita gente que também a tem). Porém, nunca tive uma razão lógica para me sentir deste modo em relação ao número. Apesar de sempre ter tido uma impressão de que ele se repetia em certas situações de minha vida (mais do que o necessário). Certo dia, porém, escutei a expressão O Enigma 23. Existe uma superstição (mais uma delas) que se propagaram pelo globo terrestre, a respeito das possíveis características sinistras (coincidências misteriosas para quem consiga vê-las, claro) deste número.

Quando começava a escrever o livro e relacionava cronologicamente os eventos mais importantes da vida de Alberto Santos-Dumont obviamente não deixei de relacionar o 23 de março de 1898, o 23 de outubro de 1906 e o 23 de julho de 1932. Não que essas datas tenham o significado de desgraça, mas foram de fato datas importantes na cronologia de Alberto. A primeira ascensão, conquista da Taça Archdeacon e a morte.

“Sabe Abayomi, essa conexão do número com acidentes, e outras catástrofes pode ter uma relação com o hexagrama 23 do I Ching, a Desintegração... É bem possível, sabe? Apesar de certos números há muito estarem relacionados a coincidências não usuais, como é o caso dos números 13 e 17, o caso do 23 é considerado por muitos uma espécie de Apofenia (*).”

“Apofenia? Do que isso se trata, Carolina?”

“Apofenia é um termo que foi cunhado pelo professor doutor Klaus Conrad em 1958. Trata-se de uma percepção espontânea de conexões e significância de fenômenos que não possuem relação entre si. Escritores então são muito propensos a esse tipo de percepção, sabe Abayomi?, pois costumam ter uma propensão de ver esses tipos de conexões, que aparentemente não têm relação entre si, o tempo todo... é o que mais assemelha a psicose com a criatividade... Na verdade, a apofenia e a criatividade podem até ser vistas como dois lados de uma mesma moeda...”

“Você está dizendo isso só para me provocar, não é Carolina?”

“Claro. Mas fique tranqüilo que você não está só. Algumas das pessoas mais criativas do mundo então devem ser os psicanalistas e terapeutas que usam testes projetivos como o teste de Rorschach...”

***

Essa série de sincronicidades, intuições, coincidências envolve em uma lista de situações relacionadas ao número 23, veja alguns exemplo (de como passar o tempo)...

  • O ciclo Físico tem a duração de 23 dias, e regula nossa resistência às doenças, força, coordenação motora, velocidade, desempenho sexual, etc. nos dias críticos fisicamente, estamos mais propensos (e não pré-determinados, isso é muito importante) a nos sentir cansados, a sofrer acidentes ou adoecer com mais facilidade.

  • Em 23 segundos para o sangue circular por todo o corpo.

  • Cada pai e mãe contribui com 23 cromossomos para o DNA de seus filhos (nos humanos o vigésimo terceiro cromossomo é o que determina o sexo).

  • O período de rotação da Terra (dia sideral) é na verdade 23 horas e 56 minutos.

  • A primeira aterrissagem na lua, Apollo 11, foi no Mar da Tranqüilidade, a 23.63 graus leste. A segunda, Apollo 12, foi no Oceano das Tempestades, 23.42 graus Oeste. Somando, 11 + 12, o número das missões, resulta em 23. (Vemos o que queremos ver...)

  • 23 de dezembro de 2012 é a data final no calendário Maia o que deve indicar um evento apocalíptico...

  • Tanto os calendários antigos dos egípcios e dos sumérios iniciavam no dia 23 Julho.

  • Santos-Dumont fez sua primeira ascensão em um 23 de março de 1898, na tarde de 23 de outubro de 1906, desafiou os deuses e quebrou o encanto que prendia os pés do homem à terra e... se suicidou em 23 de julho de 1932.

  • A certidão de óbito de Santos-Dumont ficou sumida por 23 anos.

  • William Shakespeare nasceu em 23 de abril e morreu em 23 de abril (de anos diferentes claro). Sua primeira peça (Titus Andronicus) foi encenada em 23 de janeiro de 1594. (não estou muito certo...)

  • Comemoramos o dia de São Jorge em 23 de abril (de uns anos para cá, é feriado no Rio de Janeiro...)

  • Os Cavaleiros Templários tiveram 23 Grandes Mestres, o último foi Jacques de Molay.

  • Se adicionarmos todos os dígitos de 11/9/2001 obtemos 23 (quer dizer, considerando que adicionemos o 11 como 11 exatamente).

  • O Michael Jordan usava (e o David Beckham usa) uniforme de número 23. Pelé também nasceu em um dia 23 (de outubro).

  • A letra W é a vigésima terceira, possui 3 pontos superiores e dois inferiores (23 de novo, quer dizer 32, mas para os nossos propósitos a gente inverte)...

  • Os primeiros dígitos do Pi (3.14159) somam 23.

  • 666, dizem, foi obtido da divisão 2/3 = 0.666.

  • Em computadores com sistema operacional Microsoft Windows, uma quebra de linha é armazenada como códigos ASCII 13 e 10. No Linux e no Unix, uma quebra de linha é armazenada como código ASCII 10. Em telegrafia, a quebra de linha era transmitida como um número 23.

  • Já escutou falar de um conto intitulado O Enigma 23?

  • Circunstâncias não usuais ligadas ao número 23 foram mencionadas pelo escritor William S. Burroughs, que devia adorar (ou detestar) o número...

  • Os Salmos, o maior livro da Bíblia, é o vigésimo terceiro livro do Velho Testamento. E “O Senhor é o meu pastor, nada me faltará” é o vigésimo terceiro salmo.

  • A primeira transmissão de código Morse foi uma passagem da Bíblia, a de números 23:23, vai lá e veja qual foi...

  • Na manhã de 23 de outubro de 4004 A.C., segundo o bispo irlandês James Ussher (1581-1656), Deus criou o mundo e...

  • Hoje, por acaso, é um dia 23 de março e...

  • O próximo capítulo é o...

(*) Nas estatísticas, a apofenia é chamada de um Erro do tipo I, ou seja, enxergar padrões onde na verdade, não existe nenhum. É altamente provável que a significância aparente de muitas experiências e fenômenos incomuns seja devida à apofenia, por exemplo, numerologias, códigos da Bíblia, cognição anômala, a maioria das formas de adivinhação, profecias de Nostradamus, visão remota, e vários outros fenômenos e experiências paranormais e sobrenaturais.

5 comentários:

Pedro disse...

epa eu nasci no dia 23 de Dezembro de 1988 ás 23:55

-Dia 23 de Dezembro de 2012 é a data para o apocalipse Maia.
se o apocalipse se der na meia noite de 22 para 23 eu vou morrer com 23 anos, quase a fazer os 24....fikei com medo agora :( :(
sao numeros 23 a mais....

Anônimo disse...

O livro da bíbli, apocalipse só tem 22 capítulos. Qual será o 23?

Anônimo disse...

nasci as 10 horas do dia 03/05/1987

03+05+1+9+8+7 = 33 - 10 = 23

ou então, tenho 20 anos


03+05+1+9+8+7+10 - 20 = 23

antonio disse...

ANTÔNIO:

A formula E=MC2
e=5
m=13
c=3
2=2

5+13+3+2=23

e www
dabliu é a 23 letra do alfabeto

23+23+23=89/3=23.

a palavra brasil.

b=2
r=18
a=1
s=19
i=9
l=12

12+9+18-19+1=23

tuyoshi disse...

ai galera repara só:
as torres gemeas foi derrubada no dia:
11/09/2001

11+09=20
2+0+0+1=3
20+3=23

isso é sinistro

o avião q saio do "Rio de janeiro" para ir ate "paris"

era nº de serie a330:
se colocar:A B C D...A=1,B=2,C=3,D=4

ficaria 1330
agora faça 33+0-1=32 invertido=23

q doido né

olha só isso voo do avião era o 447 faza o seguinte:4.4=16+7=23

é realmente isso pra mim ficou tenebrozo